PROJETO CULTURA DO SAMBA

PROJETO “Cultura do Samba”

CESU TEIXEIRAS – TODAS AS SEXTAS-FEIRAS DAS 17:00 ÀS 18:25            

1 – IDENTIFICAÇÃO

Projeto de estudo da música brasileira: História e repertório do Samba

Área Estratégica

A atividade se destina a alunos do Centro de Estudos Supletivos Custódio Furtado de Souza, professores, funcionários e pessoas da comunidade em geral.

Responsabilidade Técnica

Responsável pela coordenação e execução

Sérgio Cândido de Oscar

Professor Graduado em Música

Duração

A Oficina funcionará durante o ano letivo de 2018 e seguintes.

Contexto

Tendo em vista a necessidade de ampliar as possibilidades de acesso dos estudantes ao repertório da música brasileira, serão oferecidas aulas de prática do repertório para todos os interessados.

Para os estudantes serão oferecidas aulas semanais, onde os professores irão trabalhar músicas do repertório popular brasileiro com foco no samba, buscando relacionar e contextualizar o repertório brasileiro com a história da música popular brasileira e assim ressaltar as influências da música africana e da música negra na construção da música brasileira.

As oficinas de estudo de repertório estarão abertas para comunidade, alunos e servidores do CESU, por meio de encontros semanais para tocar e cantar samba. O Projeto “Cultura do Samba” tem como objetivo principal promover a integração da comunidade em um ambiente de estudo da cultura negra e estudo de repertório da música popular brasileira.

O projeto buscará trabalhar clássicos do samba de todos os tempos. A escola irá adquirir os instrumentos musicais que serão disponibilizados para estudo e prática na própria escola. É aberta a participação de estudantes e músicos de diferentes instrumentos. Embora o objetivo principal do projeto não seja montar um grupo de samba, o projeto está aberto a prática em conjunto e também a apresentações e performances.

O projeto também tem o objetivo de promover a integração, com a participação de alunos, pais e comunidade em geral, tendo o Samba como ferramenta integradora.

Infraestrutura

Para funcionamento da atividade será necessária uma sala de aula, partituras e instrumentos musicais que serão adquiridos pela escola.

Abrangência

A oficina atenderá alunos e professores do CESU e a comunidade em geral.

Estratégia de Implantação

  • Verificar com a equipe pedagógica e os professores a bibliografia trabalhada;
  • Levantar na biblioteca o material disponível;
  • Pesquisar na Web materiais de domínio público;
  • Digitalizar o que for necessário e
  • Realizar ampla divulgação do projeto

Possibilidade de colaboração e parceria

Buscar na Secretaria de Educação a possibilidade de parcerias para realização de pesquisas sobre a história do Samba e da Música Brasileira.

ESCOPO DO PROJETO

Objetivo Geral

O presente projeto tem como objetivo principal oferecer aos estudantes e comunidade em geral a possibilidade de estudar a história do Samba e suas influências na Música Popular Brasileira.

Objetivos específicos

  • Oferecer oportunidade aos estudantes de conhecer a cultura do Samba;
  • Contribuir para que a história do Samba e as Influência da Música Negra na MPB seja difundida e estudada;
  • Aprofundar a investigação acerca da história do Samba e da MPB;
  • Realizar estudo de repertório sobre Samba e produzir material que sirva de apoio ao processo de formação musical.

Metas

Curto prazo

  • Apresentar aos estudantes uma introdução a história da MPB e do Samba.

Médio prazo

  • Desenvolver a apreciação do Samba por meio do estudo de repertório;

Longo prazo

  • Desenvolver o estudo de repertório e apresentações.

Ações, produtos e resultados esperados

O samba é sem dúvidas o mais original dos gêneros musicais brasileiros ou o gênero musical tipicamente brasileiro. Embora talvez não haja consenso sobre sua centralidade ou não como gênero musical nacional, sua origem nos remete a uma imensa mistura de ritmos e tradições que está intimamente ligada a história do país.

Nesse sentido, este projeto visa aprofundar a pesquisa em elementos folclóricos do samba urbano desenvolvido em todo o país e compreender como este gênero musical se relaciona com as várias influências de outros ritmos musicais de várias partes do Brasil. Além disso, por meio do estudo de repertório pretende-se resgatar importantes obras desse gênero para o país.

Principais recursos

Sala de aula com carteiras escolares, partituras*, Textos de estudo*, Computador para pesquisas*, Instrumentos musicais**.

* Material que será fornecido pelo professor. ** Materiais fornecidos pelos estudantes.

Cronograma preliminar de execução

O cronograma será divido nas seguintes etapas:

1ª etapa: Reunião de planejamento do conteúdo a ser trabalhado;

2ª etapa: Divulgação da oficina e do horário de funcionamento das atividades para alunos, professores e comunidade escolar;

3ª etapa: Reunião com os membros participantes para exposição do plano de trabalho;

4ª etapa: Estudo semanal da História e apreciação do samba;

5ª etapa: Estudo de repertório.

LEITURA COMPLEMENTAR

DAMATTA, Roberto.  “Digressão: A Fábula das Três Raças, ou o Problema do Racismo à  Brasileira”. In: Relativizando: Uma Introdução à Antropologia Social. Rio de Janeiro. Editora  Rocco, 1987, Cap.7, pp. 58 – 85.

FREIRE, Gilberto.  Casa Grande  Senzala. 4ª  ed.  Rio de  Janeiro,  José  Olímpio,  1943.  In:  DICIONÁRIO  DE CIÊNCIAS  SOCIAIS  /  Fundação Getúlio Vargas,  Instituto de  Documentação; Benedicto Silva, coordenação geral; Antônio Garcia de Miranda Neto . . . / et  al. / 2ª ed. , Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas, 1987. XX, 1422 p.

HALL, Stuart. A Identidade Cultural na Pós­Modernidade. Tradução de Tomáz Tadeu da  Silva e Guacira Lopes Louro. Rio de Janeiro. DP&A Ed., 1997.

LARAIA, Roque de Barros. Cultura: um conceito antropológico. Rio de Janeiro:Jorge Zahar Ed., 2003.

ORTIZ, Renato. Cultura brasileira e  identidade  nacional.  3 a .  ed.  São Paulo: Brasiliense, 1985.